S(he) be(lie)ve[d]

Aqui
Eu nunca disse que iria ser
A pessoa certa pra você
Mas sou eu quem te adora 
Se fico um tempo sem te procurar
É pra saudade nos aproximar
E eu já não vejo a hora

Eu não consigo esconder
Certo ou errado, eu quero ter você
Você sabe que eu não sei jogar 
Não é meu dom representar
Não dá pra disfarçar 
Eu tento aparentar frieza mas não dá
É como uma represa pronta pra jorrar
Querendo iluminar
A estrada, a casa, o quarto onde você está
Não dá pra ocultar
Algo preso quer sair do meu olhar
Atravessar montanhas e te alcançar
Tocar o seu olhar 
Te fazer me enxergar e se enxergar em mim

Aqui
Agora que você parece não ligar
Que já não pensa e já não quer pensar
Dizendo que não sente nada
Estou lembrando menos de você
Falta pouco pra me convencer
Que sou a pessoa errada

Eu não consigo esconder
Certo ou errado, eu quero ter você
Você sabe que eu não sei jogar 
Não é meu dom representar
Não dá pra disfarçar 
Eu tento aparentar frieza mas não dá
É como uma represa pronta pra jorrar
Querendo iluminar
A estrada, a casa, o quarto onde você está
Não dá pra ocultar
Algo preso quer sair do meu olhar
Atravessar montanhas e te alcançar
Tocar o seu olhar 
Te fazer me enxergar e se enxergar em mim

Quem sabe um dia a gente se reencontra nos caminhos que nos perdemos? Quem sabe você me olhe nos olhos mais uma vez e dê aquele sorriso que eu tanto amo e quem sabe um dia você me conte outra história da tua vida com aquela empolgação de menino e aquele brilho nos teus olhos castanhos que eu tanto admirava? Quem sabe você ainda sinta falta do meu carinho… Quem sabe um dia a gente recupere o tom que coloriu por alguns meses nossas vidas. Quem sabe um dia a gente se reencontra e dessa vez estejamos prontos um pro outro? Quem sabe…

You wrecked me and
I apologized.
 (via spuandi)